terça-feira, 22 de junho de 2010

 Vamos recordar, hoje, todas as vezes em que dissemos "amo-te", amor. Vamos?
Um "amo-te" tão simples, mas ao mesmo tempo com tanto amor.

amo-te

1 comentário:

Rita disse...

Um "amo-te" implica sempre múltiplas sensações